Funcionário japonês roubou mais de 1.300 cartões de crédito memorizando instantaneamente todos os números

Funcionário japonês roubou mais de 1.300 cartões de crédito memorizando instantaneamente todos os números
Foto: Visa

Em vez de desenvolver um intrincado leitor de cartões eletrônicos ou realizar um esquema fraudulento on-line, um caixa no Japão usou a ferramenta mais indetectável possível para roubar as informações de cartão de crédito de mais de 1.300 clientes: sua memória instantânea.

Yusuke Taniguchi, de 34 anos de idade, um funcionário de meio período que trabalha em um shopping na cidade de Koto, no Japão, nasceu com uma memória que deixa o resto de nós – que muitas vezes lutam para lembrar nossas senhas – com vergonha.

Há algum debate sobre se Taniguchi tem ou não uma memória fotográfica, que permite que os detalhes sejam recuperados com precisão meses depois de serem observados, ou uma memória que permite que eles sejam recuperados com precisão alguns minutos depois, dado que ele tinha um caderno com todas as informações.

O que é certo é que, no tempo que levou para sacar um cliente, Taniguchi conseguiu memorizar seu nome, número do cartão de crédito, data de validade e código de segurança para uso nefasto posteriormente.

Segundo a SoraNews24, a polícia disse que Taniguchi admitiu usar as informações fraudulentas do cartão de crédito para comprar mercadorias que ele venderia posteriormente em uma loja de penhores para cobrir suas despesas de moradia.

Isto soa como um esquema que apenas um gênio poderia realizar, mas parece que a proeza mental acima da média de Taniguchi estava limitada à sua memória. Além do caderno que permitia à polícia vinculá-lo a inúmeras compras ilícitas feitas com as informações roubadas do cartão de crédito, ele também as enviava diretamente para seu apartamento, e foi assim que a polícia foi capaz de prendê-lo depois que ele comprou uma bolsa cara on-line no valor de mais de US$ 2.500 que ele pretendia vender para uma loja de penhores.

A fraude, se é que você pode chamar assim, é um bom lembrete de que mesmo estando vigilante na proteção contra leitoras eletrônicas de cartão de crédito não é suficiente para protegê-lo completamente ao fazer compras com cartões. O monitoramento regular do histórico de compras é muito importante para garantir que você não seja vítima de roubo.

[Para informações de como ativar a legenda em português do vídeo abaixo, embora ela não seja precisa e possa não funcionar em dispositivos móveis, clique aqui.
(Macete: algumas legendas são melhores acompanhadas lendo-se somente a última linha)]

https://youtu.be/ueD0IF6KTeQ

(Fonte)

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
Notify of