Mãe afirma que filha adotiva de 9 anos de idade tinha 22 e tentou matá-la

Mãe afirma que filha adotiva de 9 anos de idade tinha 22 e tentou matá-la
Crédito: Kristine Barnett

Uma mãe de três acusada de negligência por abandonar a filha adotiva afirma que Natalia, de nove anos, era – de fato – uma sociopata de 22 anos que fez várias tentativas para matá-la.

Certo, há muito o que explicar aqui. Vamos “começar do começo”.

Kristine Barnett, que escreveu livros sobre parentalidade, e seu então marido Michael adotaram Natalia, ucraniana, em maio de 2010. Eles são acusados ​​de deixá-la em um apartamento em Lafayette, Indiana (EUA), em 2013, antes de fugir para o Canadá uma semana depois.

No caso contra os Barnetts, a polícia alegou que a dupla deixou sua filha adotiva para cuidar de si mesma por três anos, apesar dela ter apenas um metro de altura como resultado de uma forma rara de nanismo que também lhe dá problemas para caminhar.

Kristine Barnett e seu ex-marido Michael. Crédito: Kristine Barnett

No entanto, a mãe de 45 anos afirma que ela e sua família são realmente as vítimas neste caso, pois afirma que os documentos de Natalia são falsos e que ela tinha 22 anos na época.

Ah, e eles alegam que ela ameaçou esfaquear a família enquanto dormiam, tentou envenená-los com água sanitária e empurrou Kristine em direção a uma cerca elétrica.

Ainda há muita coisa acontecendo aqui.

Kristine disse ao Daily Mail:

Ela fazia declarações e desenhava dizendo que ela queria matar membros da família, enrolá-los em um cobertor e colocá-los no quintal.

Eu a vi colocando produtos químicos, água sanitária, Windex algo assim, no meu café e perguntei a ela: “o que você está fazendo?” Ela disse: “Estou tentando envenenar você”.

A mídia está me pintando como abusadora de crianças, mas não há criança aqui.

Uau.

Mãe afirma que filha adotiva de 9 anos de idade tinha 22 e tentou matá-la
Natalia e seu pai adotivo, Michael. Crédito: Kristine Barnett

Kristine continued:

Natalia era uma mulher. Ela tinha menstruações. Ela tinha dentes adultos. Ela nunca cresceu uma polegada, o que aconteceria mesmo com uma criança com nanismo.

Todos os médicos confirmaram que ela sofria de uma doença psicológica grave, diagnosticada apenas em adultos.

Ela pulava de carros em movimento. Ela manchava sangue nos espelhos. Ela fazia coisas que você nunca poderia imaginar uma criança fazendo.

Mãe afirma que criança adotada de 9 anos de idade tinha 22 anos e tentou matá-la
Os testes de densidade óssea mostraram que a filha adotiva tinha mais de 14 anos. Crédito: Kristine Barnett

Kristine, que já foi aclamada como uma ótima mãe para seu filho biológico autista, prodigiosamente inteligente, Jake, disse que aceitou Natalia como um membro pleno da família.

Eles buscaram Natalia em uma clínica de adoção na Flórida, mas não pressionaram as autoridades sobre porque ela não tinha muita documentação por motivos de compaixão.

Então, eles começaram a perceber as coisas com sua filha adotiva.

Kristine explica:

Eu estava lhe dando um banho e notei que ela tinha pelos pubianos completos. Fiquei tão chocado. Acabaram de me dizer que ela tinha seis anos e era evidente que ela não tinha.

Eles começaram a suspeitar que as coisas não eram como pareciam. Depois, após o médico realizar testes de densidade óssea, ficou óbvio que Natalia tinha pelo menos 14 anos.

A saúde mental de Natalia se deteriorou a tal ponto que ela foi considerada um risco para os outros e colocada em um hospital psiquiátrico. Lá, ela supostamente confessou ser mais velha, além de descrever – sem indícios de remorso – tentar matar membros da família.

Um juíz finalmente corrigiu seu ano de nascimento para 1989, para que ela pudesse receber atendimento de adultos. Os Barnetts a colocaram em um apartamento, a ajudaram a obter identificação, benefícios e até se ofereceram para mandá-la para a faculdade.

No entanto, a família se mudou para o Canadá e Natalia voltou a posar como criança. Eventualmente, a polícia acusou o casal – que se divorciou em 2014 – de negligência criminal.

Um juiz também ordenou uma nova audiência sobre a idade de Natalia depois que um casal pediu para adotá-la formalmente. Os Barnetts se opuseram porque – eles acreditam que Natalia poderia ter até 30 anos agora.

Kristine disse:

Eu tenho cooperado o tempo todo. Eu tenho sido sincera com as pessoas o tempo todo.

Estou sendo acusada pelo estado de Indiana por crimes contra uma criança, quando o estado de Indiana determinou várias vezes que Natalia era adulta.

Desde o primeiro dia, essa foi uma missão de amor. Mas quando você traz uma criança para sua casa, espera que ela seja criança.

Ser acusada disso é um absurdo para mim. É simplesmente horrível.

(Fonte)

1
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Anônimo
Visitante
Anônimo

Isso me lembra um filme chamado a órfã