Marido finge sua própria morte para provar que esposa contratou assassino para matá-lo

Marido finge sua própria morte para provar que esposa contratou assassino para matá-lo
Ramon se apaixonou por Maria de Lourdes Dorantes quando a viu dançando em um clube de salsa. Cortesia de Ramon Sosa

Um homem explicou como ele fingiu sua morte para provar que sua esposa havia contratado um assassino para assassiná-lo.

Roman Sosa, de Houston, Texas (EUA), trabalhou com detetives e um amigo próximo em 2015, depois que os policiais perceberam que sua esposa Maria estava planejando matá-lo.

Um conhecido do casal, conhecido como ‘Mundo’, entrou em contato com policiais no Texas e disse que a Sra. Sosa pediu que ele encontrasse alguém para assassinar o marido. O casal se conheceu em 2007 e estava passando por um divórcio contencioso até 2015.

O Roman Sosa informou ao The Sun:

Aqueles momentos em que ouvi pela primeira vez que Lulu queria me matar foram surreais.

As palavras ficaram no ar por uma fração de segundo e, quando comecei a processar a mensagem, as palavras caíram no meu cérebro uma a uma.

Um policial disfarçado organizou um encontro com a Sra. Sosa em um estacionamento em julho de 2015. Ela ofereceu ao homem US$ 2.000 (R$ 8.000) e a caminhonete de seu marido para assassinar Roman Sosa.

A mulher de 45 anos estava preocupada com sua renda se o marido a divorciasse, de acordo com a ESPN.

Sosa, ciente do plano de sua esposa, foi forçado a continuar normalmente.

Ele disse:

Me ocorreu que eu ainda tinha que viver sob o mesmo teto com a pessoa que planejava me matar.

Sim, eu dormi com o inimigo e com um olho aberto, enquanto tentava agir o mais “normal” possível, para que Lulu continuasse com seu plano.

Lembre-se de que era a única maneira de pegá-la em flagrante.

Para incriminar ainda mais sua esposa, a polícia do Texas Rangers publicou fotos, mostrando o Sr. Sosa aparentemente morto deitado em uma cova. O rosto de Sosa foi pintado para dar a impressão de que ele levou um tiro na cabeça.

Marido finge sua própria morte para provar que esposa contratou assassino para matá-lo
Ramon Sosa fingiu sua própria morte para posar para uma foto depois que sua esposa contratou um assassino para matá-lo. Credito: PA Real Life

Ele disse:

Essa imagem, até hoje, reflete uma das coisas mais difíceis que já fiz na minha vida.

Um policial disfarçado, posando de assassino, mais tarde mostrou à Sra. Sosa as fotografias. Ela teria sorrido e apertado a mão dele.

Detetives de uniforme mais tarde se aproximaram dela e interrogaram a mulher de 45 anos sobre o paradeiro do marido, prendendo-a depois que ela negou saber onde ele estava.

Ela foi condenada a 20 anos de prisão depois de se declarar culpada de uma acusação de homicídio em segundo grau.

Lulu foi preso por 20 anos em outubro de 2016 – Foto: PA Real Life

Desde então, o casal se divorciou e Roman Sosa escreveu um livro sobre a provação.

(Fonte)

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
Notify of