Smartphone explodiu em travesseiro e matou estudante

Smartphone explodiu em travesseiro e matou estudante

Uma adolescente morreu depois que seu smartphone explodiu enquanto estava carregando em seu travesseiro. Ela estava dormindo.

Alua Asetkyzy Abzalbek, 14 anos, foi para a cama ouvindo música, como muitos adolescentes fazem em sua casa em Bastobe, Cazaquistão.

Na manhã seguinte, ela foi encontrada morta, pois a bateria do telefone explodiu perto de sua cabeça.

Imagem ilustrativa

O dispositivo dela estava conectado a uma tomada, disse a polícia. Acredita-se que ela tenha sofrido ferimentos graves na cabeça e morreu no local.

Especialistas forenses confirmaram mais tarde que o celular explodiu no início da manhã após superaquecer, enquanto carregava e essa foi a causa da morte, mostraram os relatórios.

Sua morte foi descrita como um ‘acidente trágico’, enquanto a marca do smartphone não foi divulgada.

A melhor amiga de Alua postou:

Eu ainda não consigo acreditar. Você era a melhor. Estamos juntas desde a infância. É tão difícil para mim sem você. Sinto tanto a sua falta. Você me deixou para sempre’.

Smartphone explodiu em travesseiro e matou estudante
Alua Abzalbek

Este não é o primeiro relato de um telefone explodindo e causando ferimentos ao proprietário. No início deste ano, um homem na Índia foi filmado no circuito interno de TV enquanto seu telefone explodiu no bolso.

Em outro incidente, uma mulher que vivia no leste da China assistiu horrorizada quando seu iPhone 6 da Apple explodiu em chamas no painel do carro.

Depois de gritar, a mulher é forçada a continuar dirigindo pois está no meio do trânsito e porque o telefone parece ter parado de queimar.

Porém, cerca de 20 segundos depois, o telefone pega fogo novamente, mas desta vez as chamas continuam acesas. A mulher petrificada sai e começa a gritar por ajuda de motoristas e transeuntes próximos…

(Fonte)


Uma lástima o recente acidente ter causado a morte da menina. Mas telefones celulares também podem afetar psicologicamente as pessoas:

1
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] nem resolvemos as questões básicas de segurança com smartphones. Será que devemos ignorar os alertas por especialistas e mergulhar em novas tecnologias avançadas […]