Homem se livra de crocodilo a socos

Homem se livra de crocodilo a socos
Paramédicos auxiliam a vítima. Crédito: 9 News

Um homem escapou das mandíbulas de um crocodilo que o mordeu na virilha, dando-lhe quatro socos.

Elston Lami Lami estava atravessando águas rasas perto de Minjilang, na Ilha Croker, na costa do Território do Norte da Austrália, quando pisou no que pensava ser um tronco. Mas como você deve ter adivinhado, não era um tronco.

Falando para 9 News da sua cama de hospital, o homem de 42 anos disse:

Na verdade, subi e fiquei em cima do crocodilo por 15 segundos. Meu primo então me disse que eu estava de pé em cima de suas costas e em uma fração de segundo [o crocodilo] virou e me derrubou.

Ele começou a virar e eu bati no barranco, depois ele me atacou.

O crocodilo de água salgada – que tinha entre quatro e meio e cinco metros de comprimento – trancou as mandíbulas em uma das pernas do Sr. Lami Lami, mas ele conseguiu se libertar com uma série de chutes e socos.

No entanto, depois de recuar temporariamente, o crocodilo voltou para mais.

O Sr. Lami Lami disse:

Continuei me arrastando para cima do barranco e tudo que vi foi um grande pancada na água.

Quando ele apareceu com as mandíbulas abertas, eu abri minha perna esquerda e ele me pegou minha bermuda. Segurei a mandíbula com a mão direita e o soquei com a mão esquerda, então bati nele quatro vezes.

Pelo visto, é melhor ser atacado por um crocodilo do que pelo Sr. Lami Lami.

No entanto, apesar de ter sido atingido duas vezes, o crocodilo não estava disposto a desistir da batalha, e Lami Lami disse que não estaria vivo para contar a história se não fosse pela inspiração de suas duas filhas.

Ele disse:

Eu o vi saindo da água, e ele começou a me perseguir. Eu corri – sangue estava jorrando da minha perna esquerda – eu corri pela minha vida.

Se não fosse pelas minhas filhas, eu não estaria vivo agora.

Lami Lami foi tratado inicialmente no Centro de Saúde Comunitário de Minjilang, antes de ser transportado para o Royal Darwin Hospital, onde permanece em condição estável.

O piloto Jamie Humphreys da ambulância aérea disse:

Basicamente, pousamos e conseguimos carregá-lo imediatamente.

Ele estava em uma condição bastante estável e alerta, e conseguiu conversar conosco.

É a primeira vez que foi atacado por um crocodilo. Ele disse que nunca teve medo de andar por águas escuras ou riachos antes, mas mudou de ideia agora.

Sim, compreensível, não é mesmo?

(Fonte)

E não são só animais selvagens que podem apresentar perigo para nós. Até mesmo um trampolim pode causar ferimentos às pessoas da forma mais inesperada…

Deixe sua opinião na área de comentários mais abaixo e não esqueça e visitar nossa página principal clicando aqui. Muitas outras coisas interessantes – e muitas vezes estranhas e absurdas – estão ocorrendo neste planeta…

Deixe uma resposta