Gladiadores romanos eram pela maior parte vegetarianos

Gladiadores romanos eram pela maior parte vegetarianos

De acordo com um estudo realizado pela Universidade Médica de Viena, na Áustria, descobriu-se que os gladiadores tinham uma dieta vegetariana. Esta informação vem à tona após a escavação de ossos no cemitério onde esses combatentes foram cremados.

Sua dieta incluía principalmente grãos e tinha uma distinta falta de carne. Eles também consumiram uma bebida feita principalmente das cinzas das plantas. A bebida foi supostamente usada como um complemento de saúde para ajudá-los a se recuperar de lesões após brigas.

Fabian Kanz, da Universidade Médica de Viena, menciona que o suplemento vegetal foi extremamente útil para melhorar a recuperação muscular e óssea após se esforçarem em combate físico e exercícios extenuantes.

O equivalente atual seria comprimidos de cálcio e magnésio, que tomamos após o esforço físico, como comprimidos efervescentes. Os especialistas chegaram à conclusão sobre esse tônico depois de estudarem os altos níveis de estrôncio nos corpos dos gladiadores. Este estudo de 2014 foi realizado em Éfeso, uma cidade turca que já esteve sob o império romano. O túmulo tinha 22 corpos de gladiadores, datados de 1800 anos atrás.

Curiosamente, os gladiadores sempre foram referidos como ‘homens de cevada’, o que lança luz sobre a dieta que eles consumiam, já que esta consistia em trigo, cevada e grãos.

Mas existem anomalias no próprio estudo. Foram encontrados ossos de dois gladiadores que tinham um teor muito maior de proteínas e produtos lácteos. Essas estruturas ósseas também tinham uma nítida falta de outros cereais.

Isso poderia ser um sinal de que alguns gladiadores eram de uma parte diferente do Império Romano, que se espalhava por uma grande área. O próximo ponto seria analisar os ossos para ver se uma localização geográfica poderia ser determinada.

Além disso, houve vários debates sobre quem constituia os gladiadores. Embora pessoas conquistadas, escravos e ofensores registrados se enquadram no projeto, houve muitos outros entusiastas que treinaram como gladiadores e viveram a mesma vida. Foi calculado que toda vez que um gladiador entrava no coliseu para lutar, ele carregava consigo uma chance em nove de morrer.

(Fonte)

Um coisa é certa, a dieta dos gladiadores não era nem um pouco parecida com a de algumas pessoas hoje

Deixe sua opinião na área de comentários mais abaixo e não esqueça e visitar nossa página principal clicando aqui. Muitas outras coisas interessantes – e muitas vezes estranhas e absurdas – estão ocorrendo neste planeta…

Deixe uma resposta