Levantadora de peso de 82 anos dá uma surra em intruso

Na quinta-feira passada (21), por volta das 23h, um homem invadiu a casa de Willie Murphy, uma levantadora de peso de 82 anos, em Rochester, nos EUA.

Levantadora de peso de 82 anos dá uma surra em intruso
Willie Murphy, vestindo uma camisa de seu próprio projeto, no Maplewood YMCA. (Foto: Marcia Greenwood / Rochester Democrat and Chronicle)

Mas ela não está fazendo um boletim de ocorrência.

“Eu já o enviei para o hospital”, disse ela na segunda-feira, após um treino em sua “casa longe de casa”, o Maplewood YMCA na 25 Driving Park Ave.

A vovó levantadora de peso, que tem apenas um metro e meio de altura e pesa 47 quilos, bateu no intruso com tanta força com uma pequena mesa que a quebrou. Então, enquanto o homem estava no chão, atordoado, ela derramou xampu nos olhos dele. E, enquanto ele gritava com ela – chamando-a de ‘tudo, menos a mãe de Deus!’ – ela pulou nele. Depois, Willie – que admitiu proferir algumas palavras feias – pegou uma vassoura (a que ela usa para limpar a neve do carro) e repetidamente o cutucou ‘com toda a minha força’, disse ela.

E ela tem muita força.

Willie pode levantar 102 quilos – mais do que duas vezes seu próprio peso.

Ela é campeã mundial da World Natural Powerlifting Federation Upstate New York de 2018 em Nova York. Ela foi a levantadora do ano da organização em 2014. Ela pode fazer flexões com uma mão, barras com uma mão, flexões com as pontas dos dedos e flexões nas quais você coloca os dedos em formação de diamante e pressiona o nariz até o chão.

Então, realmente, o homem que invadiu a porta da frente – depois de inicialmente tentar convencê-la a abrir, mentindo sobre levar um tiro e precisar de ajuda – não teve chance.

Na verdade, ele precisou de ajuda depois de se envolver com Murphy na sala de estar dela.

Ela relembra:

Eu estava dando uma sova naquele homem, porque eu disse para mim mesma: “Se é minha hora de ir para o inferno, vou levá-lo comigo!”

Em vez disso, quando tudo acabou, ele foi levado de ambulância. Murphy estava bem. E os quatro policiais de Rochester que apareceram no momento em que ela dava seus últimos golpes com a vassoura – pediram para tirar selfies com ela.

Uma mulher forte e bonita

From 2018: Willie Murphy in action at the Maplewood YMCA.
Foto de 2018: Willie Murphy em ação na Maplewood YMCA. (Foto: MAX SCHULTE, @ maxrocphoto / fotógrafo da equipe)

Nos dias que se seguiram, ela foi inundada com pedidos de entrevistas de meios de comunicação locais, nacionais e internacionais, inclusive a BBC.

E enquanto algumas pessoas podem se deliciar com a glória da história de Willie se tornar viral, ela disse que o que mais significa para ela são os abraços, sorrisos e apoio que ela recebeu de seus amigos no Maplewood YMCA.

Michelll LeBoo, uma das coordenadoras do YMCA que conhece Willie há 8 anos, disse:

Willie é uma mulher forte e bonita, que é leal a seus amigos e faz coisas para o benefício dos outros. Ela realmente ajuda a dissipar os mitos sobre o envelhecimento.

Realmente!

(Fonte)

Só podemos dizer, bem feito para o intruso, pois se fosse outra pessoa idosa algo muito ruim poderia ter acontecido à vítima da invasão.

Essa história merece inaugurar uma nova categoria no Planeta Absurdo: Super Humanos.

Deixe uma resposta