Homem é expulso de voo nos EUA por estar carregando uma gambá

Não se tratou de um pássaro, gato ou cachorro em um avião … era uma gambá em uma transportadora rosa, e ela e seu dono ficaram presos em Austin, no Texas, por quatro dias após serem expulsos de um voo da JetBlue.

Homem é expulso de voo nos EUA por estar carregando uma gambá

Gerald Tautenhahn e sua gambá Zatara voaram de Long Beach, Califórnia, para visitar a mãe de Tautenhahn no Dia de Ação de Graças, de acordo com a Fox 7 Austin e o New York Post. Tautenhahn disse que fez os preparativos para levar Zatara no avião.

Gerald Tautenhahn and his opossum Zatara flew from Long Beach, California, to visit Tautenhahn’s mother for Thanksgiving, according to Fox 7 Austin and the New York Post. Tautenhahn said he made preparations to take Zatara on the plane.

Tautenhahn disse à Fox 7 Austin:

Fizemos todos os trabalhos de casa com cerca de um mês de antecedência. Liguei para o Departamento de Transportes, recebi aprovação deles. Deixei claro com a JetBlue, eles disseram que estava tudo bem.

Tautenhahn e Zatara foram expulsos do voo JetBlue após um atraso de 30 minutos e forma informados que não seriam capazes de voar, de acordo com o perfil de Zutara no Instagram por Tautenhahn.

A gambazinha estava bem acomodada.

Ele finalmente acabou comprando um voo de volta para casa pela United Airlines. Tautenhahn e Zatara agora estão de volta à Califórnia.

A JetBlue emitiu uma declaração para a Fox 7:

A JetBlue aceita de bom grado cães e gatos pequenos apenas em um transportador de animais aprovado. Na viagem de volta do cliente, nossos tripulantes em Austin testemunharam o gambá saindo de sua transportadora e viram que não era um gato ou um cachorro. Os tripulantes informaram ao cliente que o gambá não seria capaz de viajar no voo e trabalharam para ajudá-lo com suas opções.

(Fonte)

Aparentemente, os amantes de animais irão evitar viajar com JetBlue depois dessa notícia.

Como bem informou o site New York Post, “apesar de parecer assustador, os gambás podem realmente ser úteis para os seres humanos de várias maneiras, como a capacidade de ajudar a retardar a propagação da doença de Lyme. No entanto, nos EUA os proprietários precisam de uma permissão especial para ter um gambá como animal de estimação, pois se tratam de animais silvestres”.

A vida animal pode ser um pouco complicada, muitas vezes

Deixe sua opinião na área de comentários mais abaixo e não esqueça e visitar nossa página principal clicando aqui. Muitas outras coisas interessantes – e muitas vezes estranhas e absurdas – estão ocorrendo neste planeta…

2 COMENTÁRIOS

    • Concordo plenamente. Espero que ele tenha processado mesmo.

      Talvez a gambazinha ficaria ainda mais quieta do que um gato ou um cão.

Deixe uma resposta