Quase meio bilhão de animais mortos até agora em incêndios na Austrália

Especialistas em vida selvagem estimam que quase meio bilhão de animais morreram nos incêndios que atualmente estão ocorrendo na Austrália.

Quase meio bilhão de animais mortos até agora em incêndios na Austrália

Ecologistas da Universidade de Sydney estimaram que cerca de 480 milhões de animais foram mortos nos incêndios. Este número inclui mamíferos, aves e répteis, que foram mortos direta ou indiretamente pelos incêndios, segundo o The Times.

A ministra do meio ambiente, Sussan Ley, disse à ABC que até 30% da vida selvagem em Nova Gales do Sul pode ter sido morta. Essa estimativa é baseada no fato de que aproximadamente 30% de seu habitat foi destruído.

Ela disse:

Saberemos mais quando os incêndios se acalmarem e uma avaliação adequada puder ser feita.

As fortes chuvas da semana passada ajudaram as equipes de emergência em algumas áreas, mas mais de 100 incêndios ainda estão queimando em todo o país. Até agora, mais de cinco milhões de hectares de terra foram queimados nos incêndios, quatro milhões dos quais em Nova Gales do Sul. Até 17 pessoas morreram nos incêndios e ocorreu uma quantidade incalculável de danos à propriedade.

Além dos perigos dos incêndios, a qualidade do ar em grande parte da Austrália foi afetada. No sudoeste de Sydney, a qualidade do ar foi declarada perigosa.

Os incêndios em Nova Gales do Sul podem ser responsáveis ​​por eliminar todos os coalas da região, que já estavam passando por níveis populacionais perigosamente baixos.

De acordo com um relatório publicado no ano passado pelo WWF Austrália e pelo Nature Conservation Council (NCC), os coalas já estavam a caminho de serem extintos em Nova Gales do Sul devido ao desmatamento, e isso foi antes dos incêndios começarem.

O relatório usou imagens de satélite de NSW para mostrar como os habitats de coalas estavam ameaçados pelo desmatamento. O relatório constatou que a taxa de terras desmatadas na região quase triplicou, de 2.845 hectares para 8.194 hectares entre 2017 e 2018. De acordo com a taxa de desmatamento mostrada nas imagens de satélite, os coalas devem ser varridos da região até 2050, mas esses incêndios sem precedentes estão tornando essa preocupação muito mais imediata. É possível que os últimos coalas restantes na região possam ser perdidos nos incêndios deste ano.

(Fonte)


Com a palavra, os ambientalistas de plantão… … … … …

Deixe sua opinião na área de comentários mais abaixo e não esqueça e visitar nossa página principal clicando aqui. Muitas outras coisas interessantes – e muitas vezes estranhas e absurdas – estão ocorrendo neste planeta…

Deixe uma resposta